domingo, 29 de maio de 2016

Fala, que te escuto!

Forró 100 Moral Lança seu primeiro CD


Banda de Forró da cidade de Rafael Godeiro-RN, Composta por jovens da própria cidade, lança seu primeiro CD no Site Sua Música. O trabalho trás um repertório de músicas novas e dançantes, sendo composto por 17 faixas, sendo 4 destas de autoria dos próprios garotos.

Confira e Baixe o CD no Link:
http://www.suamusica.com.br/FORRO100MORALPROMOCIONALJUNHO2K16

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Sarney vira símbolo do desespero da oligarquia


José Sarney: “A ditadura da Justiça tá implantada, é a pior de todas!
''

Sérgio Machado: “E eles vão querer tomar o poder. Pra poder acabar o trabalho

.''

A fabulosa epidemia de corrupção revelada pela Lava Jato fez do Brasil um pedaço do mapa onde há a maior possibilidade de surgir um país 100% novo. Caos não falta. O diálogo reproduzido acima revela que essa nação inteiramente outra talvez já tenha começado a existir.

Nascida na periférica comarca de Curitiba, a investigação que deu à luz um Brasil diferente sobrevive a todas as bruxarias e conchavos urdidos por políticos que se habituaram a viver no epicentro do ilícito sem sofrer qualquer tipo de embaraço. A oligarquia corrupta está acuada.

A “ditadura da Justiça” de que fala Sarney é o outro nome de Estado Democrático de Direito. Renan Calheiros responde a uma dúzia de inquéritos. Eduardo Cunha é um réu afastado do mandato pelo STF. Marcelo Odecrechet está preso e negocia uma delação. Pilhados num diálogo vadio, Dilma e Lula foram denunciados no Supremo por tentativa de obstruir a Justiça.

Como se fosse pouco, os cardeais do PMDB —Sarney entre eles— foram gravados pelo amigo Sérgio Machado, subitamente convertido num silvério que, apavorado com a ideia de ser preso por ordem do “tirano” Sérgio Moro, tenta comprar com suor do dedo a proteção judicial que seus correligionários já não conseguem prover.

O autogrampo do ex-presidente da Transpetro pendurou no noticiário, de ponta-cabeça, caciques políticos capazes de tudo, menos de levar à balança meio quilo de explicações que afastem as suspeitas que rondam seus prontuários.

Natural que seres como Sarney sejam tomados de assalto (ops!) pela estranheza. Não estavam habituados a esse tipo de situação. Construíram suas carreiras num Brasil em que, acima de um certo nível de renda e de poder, ninguém devia nada. Muito menos explicações. Esse país em que os ratos colocavam a culpa no queijo e tudo ficava por isso mesmo não existe mais.

Em 21 dezembro de 2014, Sarney havia escalado a tribuna do Senado pela última vez, para pronunciar o que deveria ter sido um discurso de despedida de sua vida pública de seis décadas. O orador somava, então, 84 anos.

Os incautos imaginaram que estivessem diante de um aposentado. Mas se as fitas do companheiro Machado revelam alguma coisa é que Sarney é, por assim dizer,inaposentável. Ele permanece no palco como protagonista da própria imolação. Faz o papel de um Napoleão se descoroando.

No discuso de sua suposta despedida, Sarney reservou um parágrafo à autocrítica (assista abaixo). Declarou: “Precisamos levar a sério o problema da reeleição, que precisa acabar, estabelecendo-se um mandato maior. Até fazendo mea-culpa, de arrependimento, eu penso que é preciso proibir que os ex-presidentes ocupem qualquer cargo público, mesmo que seja cargo eletivo. […] Eu me arrependo, acho que foi um erro que eu fiz ter voltado, depois de presidente, à vida pública.”

O Brasil não poderia prescindir de Sarney nesse momento. Sua aversão à Lava Jato é essencial para provar que o país está no caminho certo. Depois de encher as praças na luta pelas eleições diretas, o brasileiro viu subir ao poder, pela via indireta do Colégio Eleitoral, José Sarney, o vice mais versa da história, grande amigo da ditadura militar até seis meses antes.

Sarney deve sua Presidência a uma conspiração do acaso com as bactérias que invadiram o organismo de Tancredo Neves atrás de encrenca. Foi um gestor temerário. Governou mal tão bem que não teve condições políticas de indicar um nome para sucedê-lo. Vangloria-se de ter completado a transição da ditadura para a primeira eleição direta. Deu em Fernando Collor.

Eleito senador pelo Amapá três vezes, Sarney esmerou-se. Presidiu o Senado quatro vezes. Estrelou o escândalo dos atos secretos. Deu emprego a uma sobrinha de sua mulher que morava em Campo Grande; deu um contracheque a uma sobrinha do genro que residia em Barcelona; alçou à folha um personagem (“Secreta”) que trabalhava como mordomo na casa da filha Roseana Sarney…

Não era o Amapá ou o país que tinha um senador. Era Sarney que possuía o Brasil. Sob FHC, Lula e Dilma, foi aquinhoado com generosos nacos do Estado. Cavalgando a administração pública, Sarney logrou alcançar a prosperidade privada. Seu nome fundiu-se ao patrimonialismo nacional. O desespero de Sarney, o oligarca mais longevo da República, é o melhor símbolo que a Era da Lava Jato poderia arranjar.

Josias de Souza

Trauma!

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Almino Afonso/RN receberá no próximo sábado (28), uma Unidade Móvel para coleta de sangue


No próximo sábado (28/05/2016), o município de Almino Afonso/RN estará recebendo a unidade móvel de coleta de sangue do Hemocentro. Essa unidade (ônibus) ficará de frente a Prefeitura (que fica no centro da cidade) durante todo o dia. 


Para fazer a doação de sangue o voluntário deve estar bem alimentado, ter idade entre 16 e 69 anos e, no mínimo, 50 kg. Na ocasião, é necessário que seja apresentado documento de identidade com foto; e menores devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis.

Aqui apelamos a todos os meios de comunicação - Rádio, TV, Blogs, Redes Sociais, Jornais, Carros de Som e Paredões - no sentido de divulgar essa ação em seus municípios, pois as doações não se restringem somente as pessoas de Almino Afonso/RN. 

O seu empenho nessa divulgação é importante, pois a doação de sangue salva vidas. 

"Tô nessa"!

  • (84) 3315-3428 - telefone do Hemocentro de Mossoró/RN

Ruína!

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Chef de Cozinha alminoafonsense fala de suas origens

Rogério Holanda e a comunicadora Laíz Andrade

Na última segunda feira, 23, Rogério Holanda, Chef de cozinha em São Paulo/SP, esteve à noite na rádio FM Educativa na cidade de Almino Afonso/RN onde concedeu uma alegre e descontraída entrevista no programa Hits Do Coração, que tem a comunicação de Laiz Andrade, e falou sobre os seguintes temas: suas origens, família, futebol e principalmente sobre o jantar beneficente em prol do garoto Marcos Paulo que ele promoverá sábado, 28.

Rogério é natural de Almino Afonso/RN, filho do casal Sr. Chiquinho Guarani e D. Chiquinha Holanda, estudou em Escolas Públicas, tendo cursado da 1ª a 3ª série na Escola do Sitio Fogueteiro onde seus pais moram até hoje, já a 4ª série foi feita na Escola Estadual Estudante Ronald Néo Júnior com a professora Adriana e para isso fazia o trajeto do sitio à cidade todos os dias de bicicleta e as vezes a pé e foi lá também que ele concluiu o 1º e 2º grau no ano de 2002.

Com apenas 17 anos ele trocou sua pequena e pacata cidade do interior do Rio Grande do Norte por uma grande metrópole São Paulo/SP, que segundo ele continua sendo a cidade das oportunidades, fora de casa ele Rogério fazia a própria comida, despertando um dom e um talento para a culinária, profissão que dez anos atrás disse ele era discriminada por aqueles que residem na regiões Sul e Sudeste do país, então sobrava para os nordestinos e foi assim que ele se deu bem, com talento e ousadia conquistou seu espaço tornando-se um dos mais respeitados e requisitados chefes de cozinha da capital bandeirante, para que se tenha uma ideia do tamanho sucesso do potiguar neste meio ele trabalha atualmente em oito emissoras de TV e aquela profissão antes não bem vista com bons olhos hoje se tornou indispensável para todo e qualquer programa de TV que se preze .

Rogério, assim como Laiz Andrade, é palmeirense, mas disse não botar fé no atual time do coração, ele disse ainda que os jogadores da atualidade não tem mais amor aos times que os defendem como antigamente e prevê mais um ano difícil para o alvo e verde paulista e aproveitou para tirar uma onda com o Flamengo dizendo que este foi o único time que conseguiu perder para diferentes times que integram as quatros divisões do futebol brasileiro, referindo-se aos últimos tropeços do rubro negro diante do Grêmio ,Vasco, Fortaleza, Confiança e Volta Redonda que ocupam respectivamente as séries A, B, C e D.

Pelas redes sociais Rogério tomou conhecimento que o jovem Marcos Paulo de apenas 18 anos havia sido diagnosticado com leucemia, sensibilizado ele se propôs a ajudar e no próximo sábado, 28, realizará um jantar beneficente para arrecadar fundos para o tratamento do seu conterrâneo, que o definiu como um menino abençoado, pois onde chegava as pessoas já estavam dispostas a ajudar, o evento tem mobilizado Almino Afonso e toda Região, prova disto é que todas as mesas postas à venda foram esgotadas nesta terça feira, 24, ao preço de R$ 60,00 cada. O chefe de Cozinha fez questão de enaltecer a boa estrutura das escolas, da FM Educativa e da creche a qual visitou e foi muito bem recebido pelos professores e encerrou agradecendo a todos pela receptividade o carinho com que o receberam e a forma com que abraçaram a causa.

Educativa FM
Jean Garotinho

Rogério Holanda na TV

O chefe de cozinha é o profissional responsável por organizar a cozinha de hotéis e restaurantes, elaborar cardápios e supervisionar o trabalho dos cozinheiros em restaurantes, hotéis, hospitais, residências etc.

Boas notícias!

Nani

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Almino Afonso/RN: Eleições 2016

Vereador Algusto Queiróz (PR)

A chapa formada por Godeiro de Zé Hildo, pré-candidato a prefeito e Dr. Jair Torres, vice-prefeito, está com problemas, principalmente na composição da chapa proporcional. O vereador Algusto Queiróz (PR), segundo as informações aqui chegadas, não aceita se coligar com os pré-candidatos Antônio Neto (PSD) e Jorginho (PSB). Ele defende que haja duas coligações, ou seja, o PR partiria com candidatura própria com os pré-candidatos Algusto Queiróz, Chico Cego, Chagas do Sindicato e Leonaldo Segundo, ficando assim, livre da disputa direta com Jorginho e Antônio Neto. Não sendo assim, ainda de acordo com as informações, Algusto pegará outra estrada. Aguardemos!

Interino!

sábado, 21 de maio de 2016

Luto em Almino Afonso/RN

Resultado de imagem para cemiterio de almino afonso rn

É com tristeza que noticiamos os falecimentos de  Antônio Ferreira Neto (Antônio Alejado) e da mãe de Souzinha do Cartório (Souzinha de Jó de Zé Buchudo). Os fatos ocorreram ontem (20/05/2016). Ambos residiam na cidade de Almino Afonso/RN. O sepultamento da mãe de Souzinha será em Mossoró/RN e o de Antônio Alejado será hoje, às 16:00h, no cemitério de Almino Afonso/RN.   

Hoje no Espaço Tradição em Almino Afonso/RN

Marido usufrutuário!

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Lucrécia/RN: Eleições 2016

O município de Lucrécia/RN poderá ter candidatura única a prefeito nas eleições deste ano.  

Vagner Araújo, Chico Duarte e o prefeito Waltinho Araújo

Chico, que encabeçará a chapa, ainda não conseguiu essa proeza, segundo as informações aqui chegadas, porque os candidatos a vereador também querem "armar suas redes" e, para isso, o número de candidatos a vereador não pode ser maior que nove, que é o número de vagas para o cargo no município e isso deixaria a Câmara sem suplente.  
"Chico, que é um bom articulador político, com certeza, encontrará uma solução para esse impasse", palavras de um partidário do mesmo. 

O presidente Temer quer aposentadoria a partir dos 65 anos de idade

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, na mesma linha do presidente em exercício Michel Temer, defende a idade mínima de 65 anos para aposentadoria tanto para homens quanto para mulheres.  

Presidente interino Michel Temer

Meirelles voltou a dizer que o sistema previdenciário brasileiro não é sustentável. De acordo com ele, há o risco de pessoas que estão hoje no mercado chegarem ao período de aposentadoria, e o sistema não ter como pagá-las. Por isso, a necessidade de mudar as regras de concessão dos benefícios é urgente.


Vale informar que o Ministério da Previdência Social foi extinto pelo presidente Temer. Hoje, as questões previdenciárias estão no comando do Ministério da Fazenda. O INSS, que até então era comandado pelo Ministério da Previdência Social, passou a fazer parte do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. 

Carlos Augusto Maia convoca Almino Afonso/RN e região para doação de sangue.

Deputado estadual Carlos Augusto Maia

O deputado estadual Carlos Augusto (PSD) fez pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa, na sessão ordinária da última quarta-feira (18/05/2016) para destacar a ação prevista para o próximo dia 28 deste, em Almino Afonso/RN, com objetivo de aumentar os estoques de sangue do Hemonorte. Carlos Augusto solicitou a unidade móvel do Hemonorte para a ação.

Unidade móvel do Hemonorte

“Quem doa sangue está doando vida”, destacou Carlos Augusto. De acordo com o deputado, a população de vários municípios vizinhos está se organizando para uma ação de doação coletiva.